Udo Schmidt é o único candidato a prefeito de Campo Largo que não utiliza dinheiro público na campanha

Na disputa para prefeitura de Campo Largo, somente o candidato Udo Schmidt não usa dinheiro público, declarou somente verbas próprias e doações de particulares.

Os gastos eleitorais são sempre uma preocupação dos eleitores, e com razão, é dinheiro público utilizado em campanhas tanto do fundo partidário quanto do fundo eleitoral, ambos abastecidos com dinheiro do contribuinte, no entanto os candidatos podem também receber doações de terceiros e até eles mesmos financiarem as próprias campanhas. Confira como está sendo financiada as candidaturas à prefeitura da cidade, segundo o Tribunal Superior Eleitoral com base nas doações recebidas:

Udo Schmidt (PSDB): É o único que, segundo o Tribunal Superior Eleitoral, utiliza 100% de recursos privados, doados por ele mesmo para a campanha ou por terceiros, segundo o tribunal ele não utiliza verba pública, ou seja, dinheiro dos contribuintes.

Luiz Adão (Solidariedade): Segundo o TSE a maior parte da campanha do candidato também não é feita com dinheiro público, cerca de 52,83% dos recursos de sua campanha são provenientes de doações privadas, os outros 47,17% são oriundos do Fundo Especial.

Marcelo Puppi (DEM): O atual prefeito, como consta no Tribunal Eleitoral, tem 36,63% financiada com recursos privados e na composição do financiamento de sua candidatura ainda 31,69% são do fundo especial e outros 31,69% do fundo partidário , ou seja, 63,38% de sua campanha é paga com dinheiro público.

Capitão Alves (PROS): Já o candidato tem 2,85% de suas receitas de particulares enquanto 97,15% de sua campanha é financiada com dinheiro público, do fundo especial.

CANDIDATOS QUE UTLIZAM SOMENTE O DINHEIRO PÚBLICO

Jean Naiser (PTC): Segundo registros no Superior Tribunal Eleitoral, o candidato utiliza em sua campanha 100% de dinheiro público, proveniente do Fundo Especial Eleitoral, segundo o TSE a sua campanha é totalmente bancada com dinheiro do contribuinte.

Fernanda do Nelsão (PDT): Também conforme registrado no Superior Tribunal eleitoral, segundo os números apresentados, a candidata Fernanda do Nelsão apresenta situação similar ao do candidato Jean Naiser, utilizando em sua campanha 100% dos recursos provenientes do fundo especial eleitoral.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui