O que é vigorexia, entenda tudo sobre ela.

Imagem de Ichigo121212 por Pixabay

Hoje iremos tratar sobre um assunto bem delicado, a vigorexia, nesse post você entenderá o que ela é, quem sofre dela e doenças associadas.

A vigorexia é um transtorno alimentar que é caracterizado pela prática excessiva de exercícios e uso de anabolizantes e esteroides, isso tudo se dá pela insatisfação do seu corpo. É mais comuns em homens de 18 a 35 anos. 

Geralmente os vigoréxicos possuem uma dieta rica em proteínas e pobre em lipídeos, muitas vezes eles chegam até a suplementar proteínas, com o intuito de ganhar músculos, também costumam passar muito tempo na academia, sobrecarregando muito seu corpo. 

O uso de suplementos e anabolizantes podem causar problemas sérios a longo e curto prazo, como: problemas hepáticos, depressão, alguns tipos de cânceres, problemas de circulação, etc.

Alguns dos sintomas que podem indicar a vigorexia são: dor muscular persistente por todo o corpo, cansaço ao extremo, irritabilidade, depressão, anorexia/ dieta muito restritiva, insônia, aumento da frequência cardíaca ao repouso, menor desempenho durante o contato íntimo e sentimento de inferioridade. Todos esses sintomas podem estar associados a falta de algum nutriente.

As pessoas portadoras de vigorexia, podem ter diversas deficiências nutricionais, como: Vitaminas no geral (A,C,E e Complexo B, exceto a B12), minerais e gorduras, todo esse conjunto podem afetar a seu organismo de maneira geral.

O tratamento para a vigorexia é feito por uma equipe multidisciplinar, o psicólogo, para entender o que levou esse paciente a desenvolver esse transtorno, um médico para fazer diversos exames para entender a situação que o paciente se encontra e o nutricionista, para reeducar esse paciente quanto a alimentação dele. Em alguns casos é solicitado um fisioterapeuta, para tratar algum tipo de lesão muscular.

Há algumas semanas postei sobre anorexia e bulimia, veja as diferenças:  https://n34.com.br/2020/10/07/bulimia-x-anorexia-quais-as-principais-diferencas-entre-elas/

Atenção: As informações neste portal pretendem apoiar e não substituir a consulta médica. Procure sempre uma avaliação no Serviço de Saúde.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui