Saiba mais sobre a Cirurgia Bariátrica: tipos, pós cirúrgico e deficiências.

Imagem de Maklay62 por Pixabay

A cirurgia bariátrica consiste em uma diminuição do tamanho do estômago, que tem como objetivo a perda de peso e controle de doenças crônicas. Existem três métodos diferentes de cirurgia bariátrica, são elas: Banda gástrica, Bypass gástrico e Gastrectomia vertical.  

Se você tiver mais de duas doenças crônicas e IMC igual ou maior que 35 você poderá realizar a cirurgia bariátrica. Antes da realização da cirurgia bariátrica você terá que passar por diversos exames e consultar com: o cirurgião, psicólogo, nutricionista e anestesista. Todos eles farão uma carta autorizando ou não sua cirurgia e irão te orientar no pós cirúrgico também.  

A Banda gástrica consiste em um anel implantado na “boca” do estômago, isso impede que a pessoa coma em excesso. Essa técnica já foi muito usada, mas caiu em desuso, porque os índices de reincidência da cirurgia eram grandes, pois os pacientes comiam alimentos que não podiam e soltavam a banda. O paciente fica com deficiência do complexo B. 

O Bypass gástrico ou Y de Roux é a técnica mais utilizada, ela consiste em um grampeamento do estômago para diminuir o espaço para o alimento e desvia em Y o intestino inicial (duodeno) para aumentar os hormônios de saciedade. O paciente fica com deficiência do complexo B, vitamina D e C. 

Já a Gastrectomia vertical ou Sleeve é a mais restritiva delas, pois o estômago é reduzido a um tubo que tem capacidade de 80 à 100mL, isso faz com que o paciente perda bastante peso, mais peso do que o bypass. Tem crescido o número de cirurgias com essa técnica. O paciente fica com deficiência do complexo B, vitamina D, E e C. 

O pós cirúrgico é muito complicado, pois o paciente passa por 15 dias de dieta líquida restrita (sem açúcar e condimentos, tudo que o paciente come é líquido) e depois pode ir para o pastoso, fica mais 20 dias assim e pode voltar a comer sólidos. Alguns pacientes relatam que não conseguem comer alguns alimentos, principalmente fritura. 

Para quem gostou do assunto existe um programa de televisão que relata a luta de obesos mórbidos: “Quilos Mortais”, ele mostra a jornada de obesos que lutam para perder peso, vencer seus vícios e poder controlar suas doenças. 

Atenção: As informações neste portal pretendem apoiar e não substituir a consulta médica. Procure sempre uma avaliação no Serviço de Saúde. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui