O que é Neofobia e por que é tão comum em crianças?

omanualdaspapinhas

A neofobia é um transtorno muito comum em crianças em sua introdução alimentar, ela é caracterizada pela recusa de experimentar algum alimento novo, pode ser de uma textura diferente, de cheiro, temperatura ou sabor. 

Suas causas são variadas, pode ser passado hereditariamente, pode estar associada a sensibilidade com o amargo ou azedo, por sazonalidade de alimentos ou trauma com aquele alimento (porque a criança se engasgou ou não gostou). 

A criança vai criar preferência a alimentos mais doces e recusar amargos e azedos. O consumo de frutas, hortaliças e verduras costuma ser menor entre esse grupo, aumentando assim o consumo de ultra processados. Elas tendem a se tornarem obesas ou baixo peso, hipertensas e diabéticas.  

A introdução dos alimentos que a criança tem recusa depois de saber que ela tem neofobia deve ser gradativa, sempre lembrando que não se pode pressionar a criança, pois isso pode piorar seu estado.  

Associado com a neofobia pode surgir a picamalacia (ingestão de elementos não comestíveis) e transtorno de ruminação (a criança come e a comida volta), são muito comuns caso a criança não seja tratada da maneira correta. A picamalacia e o transtorno de ruminação podem ocorrer em qualquer fase da vida. 

É muito importante salientar a importância do tratamento médico nesses casos, pois ele poderá te orientar a fazer o tratamento medicamentoso para tratar as necessidades da criança, também o nutricionista que vai te orientar a como fazer a alimentação dessa criança parecer mais prazerosa a ela. 

Semana que vem farei um post sobre picamalacia e transtorno de ruminação. 

Atenção: As informações neste portal pretendem apoiar e não substituir a consulta médica. Procure sempre uma avaliação no Serviço de Saúde. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui