Atletiba: Athletico leva a melhor e vence o Coritiba, confira

Coritiba teve Igor jesus expulso no segundo tempo

O Athletico-PR conseguiu encerrar o jejum de sete jogos sem vencer no Campeonato Brasileiro da melhor maneira. O Furacão venceu, neste sábado (12), o rival Coritiba em casa, por 1 a 0, pela décima rodada. Com os três pontos, os donos da casa deixaram a zona do rebaixamento. Por outro lado, viram a equipe alviverde amargar o Z4.

Jogando na Arena da Baixada, o Athletico-PR buscou se impor contra o rival. Logo aos 11 minutos, em um chute forte de Fabinho dentro da grande área, os donos da casa conseguiram abrir o placar. Na sequência da primeira etapa, o que vimos foi um jogo sem emoção. O Coritiba pouco incomodou o adversário. Um chute, de longa distância, de Matheus Bueno aos 26, foi o lance mais perigoso construído pelo Coxa.

No início do segundo tempo o time do Alto da Glória voltou com outra postura. O atacante Robson participou de dois lances perigosos, logo no início. Aos seis minutos, ele tentou um cruzamento e a bola acabou batendo no travessão. Dois minutos depois, Robson tocou para Sassá, que chutou para fora.

A reação se tornou muito difícil após expulsão do atacante Igor Jesus aos 26. Em disputa de bola com o zagueiro Thiago Heleno, o jogador do Coritiba abriu os braços e atingiu o defensor oponente. Ele tomou o segundo cartão amarelo, e, consequentemente, recebeu o vermelho. Com muito ímpeto e pouca organização, o Coritiba não conseguiu igualar o marcador. Athletico 1, Coritiba 0.

A próxima partida do Athletico-PR vai marcar a reabertura da Copa Libertadores. A competição continental que estava suspensa, desde março, devido à pandemia do novo coronavírus (covid-19) vai recomeçar nesta terça (15) com o confronto entre o Furacão e o Jorge Wilstermann (Bolívia). O jogo será disputado na altitude de Cochabamba, que fica a 2.560m do nível do mar, no estádio Félix Capriles, às 19h15 (horário de Brasília).

Jogando na Arena da Baixada, o Athletico-PR buscou se impor contra o rival. Logo aos 11 minutos, em um chute forte de Fabinho dentro da grande área, os donos da casa conseguiram abrir o placar. Na sequência da primeira etapa, o que vimos foi um jogo sem emoção. O Coritiba pouco incomodou o adversário. Um chute, de longa distância, de Matheus Bueno aos 26, foi o lance mais perigoso construído pelo Coxa.

No início do segundo tempo o time do Alto da Glória voltou com outra postura. O atacante Robson participou de dois lances perigosos, logo no início. Aos seis minutos, ele tentou um cruzamento e a bola acabou batendo no travessão. Dois minutos depois, Robson tocou para Sassá, que chutou para fora.

A reação se tornou muito difícil após expulsão do atacante Igor Jesus aos 26. Em disputa de bola com o zagueiro Thiago Heleno, o jogador do Coritiba abriu os braços e atingiu o defensor oponente. Ele tomou o segundo cartão amarelo, e, consequentemente, recebeu o vermelho. Com muito ímpeto e pouca organização, o Coritiba não conseguiu igualar o marcador. Athletico 1, Coritiba 0.

A próxima partida do Athletico-PR vai marcar a reabertura da Copa Libertadores. A competição continental que estava suspensa, desde março, devido à pandemia do novo coronavírus (covid-19) vai recomeçar nesta terça (15) com o confronto entre o Furacão e o Jorge Wilstermann (Bolívia). O jogo será disputado na altitude de Cochabamba, que fica a 2.560m do nível do mar, no estádio Félix Capriles, às 19h15 (horário de Brasília).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui