Golpe de clonagem no WhatsApp fica cada vez mais comum, saiba como se proteger

Marcelo Camargo/ Agência Brasil

Cada vez mais se multiplicam os casos de golpes na internet, um dos mais comuns é a clonagem do WhatsApp, mas é possível se proteger.

Um golpe da clonagem da conta do WhatsApp está fazendo vítimas, alerta o Procon de São Paulo. O golpe acontece da seguinte forma: uma pessoa envia mensagem dizendo ser funcionário de site de compra, o golpista entra em contato e pede que a vítima digite um código de seis números para supostamente ativar um anúncio; esse código é a verificação do WhatsApp e com ele o criminoso consegue clonar a conta do consumidor.

Após a clonagem, o golpista passa a enviar mensagens para os contatos da vitima pedindo dinheiro no nome dela. Na maioria das vezes, o infrator pede dinheiro para parentes e conhecidos, simulando alguma necessidade urgente.

Como evitar ser vítima do golpe

O Procon-SP alerta os consumidores para não enviar o código de seis números. É importante ainda habilitar a “verificação em duas etapas” no WhatsApp: clicando em “configurações”, “conta” e “verificação em duas etapas” então será preciso criar um “PIN” (Uma senha)

Depois de habilitar a “verificação em duas etapas” a pessoa receberá de vez em quando uma notificação do aplicativo para que digite a sua senha (O PIN) , é algo normal, o importante é não compartilhar sua senha com terceiros nem enviar sua senha através de mensagens.

O WhatsApp ainda alerta que se você receber um e-mail para desativar a confirmação em duas etapas sem tê-lo solicitado, não clique no link. Outra pessoa pode estar tentando confirmar seu número de telefone no WhatsApp. Além disso existem outras medidas que podem ser adotadas:

– Não forneça dados, senhas, códigos etc.;

– Não acredite em ofertas de ajuda, sorteio, dinheiro etc. enviadas pelo WhatsApp, redes sociais, e-mails e não clique nesses links;

-Não confie e não compartilhe links e informações dos quais não tenha certeza da origem;

-Não preencha formulários que não estejam nos sites oficiais;

-Baixe aplicativos apenas das lojas oficiais;

-Em caso de dúvidas ou dificuldades, procure um familiar ou amigo que possa ajudar;

– Utilize antivírus no computador, tablet e smartphone;

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui